Corregedoria terá status de ministério

A procuradora aposentada da República Anadir de Mendonça Rodrigues, que assumirá a partir de hoje a Corregedoria Geral da União, terá status de ministra de Estado, frisou o próprio presidente Fernando Henrique Cardoso ao anunciar, há pouco, a criação do novo órgão. A corregedoria, segundo o presidente, terá a missão de acelerar a apuração de denúncias de corrupção e fará um trabalho de integração entre os vários órgãos do governo que atuam no combate a esse tipo de crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.