Corregedor da Câmara vai analisar denúncia contra Herrmann

O presidente da Câmara, deputado Aldo Rebelo (PCdoB -SP), disse, ao sair de sua residência, onde se reuniu com líderes dos partidos, que encaminhou ao corregedor-geral da Câmara, deputado Ciro Nogueira (PP-PI), toda a documentação referente ao caso do deputado João Herrmann (PDT-SP). A CPI dos Correios identificou pagamentos mensais na conta de Herrmann feitos entre 2003 e 2005 pela empresa de transporte aéreo Beta, que tem contrato com a estatal. No total, Hermann recebeu R$ 79 mil da empresa.Além de documentos da CPI, encaminhados a ele pela Secretaria Geral da Mesa da Câmara, Aldo incluiu no material entregue ao corregedor recortes de jornal com reportagens sobre o caso e documentos que recebeu hoje pela manhã do próprio deputado João Herrmann. Na sexta-feira passada, Herrmann divulgou nota alegando que os pagamentos se referiam a despesas de um carro cuja manutenção ele dividia com o proprietário da Beta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.