Correção: Morre Fernando Diniz, do PMDB de Minas

A nota enviada anteriormente cita erroneamente o nome de uma instituição hospitalar. Segue o texto corrigido:

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

17 de julho de 2009 | 21h28

O presidente do PMDB de Minas Gerais, deputado federal Fernando Diniz, faleceu hoje, aos 55 anos, em São Paulo. Diniz havia sido submetido a uma cirurgia para remoção de um nódulo na virilha e sofreu complicações cardíacas após a intervenção. Empresário, exercia seu quinto mandato consecutivo e integrava a Comissão de Minas e Energia da Câmara. Deputado federal desde 1991, ele também ocupou cargos como o de secretário-adjunto de Coordenação Política e da Casa Civil do governo mineiro.

O governador Aécio Neves (PSDB) divulgou nota lamentando a morte do deputado. "O deputado Fernando Diniz sempre pautou suas ações, como parlamentar e presidente estadual do PMDB, pelo diálogo, defendendo com serenidade, mas firmeza, suas posições", observou. "Minas Gerais perde um de seus mais atuantes deputados, destacado articulador político, e o norte de Minas um de seus mais intransigentes defensores. Solidarizo-me, em nome dos mineiros, com seus familiares nesse momento de dor."

O corpo do deputado deverá ser velado amanhã na Assembleia Legislativa de Minas. Até o começo da noite não havia informações sobre o sepultamento.

Tudo o que sabemos sobre:
mortePMDBdeputado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.