Correção: Ambientalistas querem mudar Código Florestal

O texto anterior, enviado às 12h30, continha incorreção no título.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

29 de novembro de 2011 | 12h41

Um grupo de ambientalistas, estudantes, artistas e representantes de entidades sociais se reuniu na manhã de hoje na Praça dos Três Poderes, em Brasília, para cobrar alterações no Código Florestal, que tramita no Senado Federal. No momento, uma comissão do movimento ''Floresta Faz a Diferença'' está com o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) para entregar uma lista de abaixo-assinados com 1,5 milhão de assinaturas.

Entre as organizações envolvidas estão a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Greenpeace, WWF, Via Campesina, SOS Mata Atlântica. "Esse código não atende a sociedade, apenas os ruralistas, que estão chantageando o governo", criticou o diretor da SOS Mata Atlântica, Mário Mantovani.

O grupo critica a anistia a desmatadores e defende maior proteção a matas ciliares, entre outros pontos. Para a cantora Vanessa da Mata, que acompanhou a comitiva, é preciso debater o tema com "mais consciência".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.