Correção

Diferentemente do que foi informado na reportagem Justiça Federal gastou este ano R$ 1,3 milhão com cartões, na edição de domingo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não é uma das unidades que utilizam os cartões corporativos. O correto é Tribunal Superior do Trabalho

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.