Corpo de assessora parlamentar é encontrado em Maceió

Trabalhadores rurais encontraram, nesta tarde, em um canavial do município de Rio Largo, a 28 quilômetros de Maceió, o corpo de Izailda Ferreira da Silva, de 27 anos, desaparecida desde a última terça-feira, no trajeto entre o prédio da Assembléia Legislativa de Alagoas e um ponto de ônibus no centro de Maceió. O corpo de Izailda Ferreira apresentava sinais de tortura e marcas de disparos de pistolas automáticas.O desaparecimento da assessora parlamentar, que era lotada no gabinete do deputado estadual delegado Francisco Tenório (PTB), estava sendo investigado por policiais da Força Tarefa que seguiam algumas pistas repassadas pela família e funcionários da assembléia legislativa. Segundo eles, Izailda recebia constantes ameaças.O delegado Oldemburgo Paranhos estuda a possibilidade de crime passional. Na segunda-feira, Paranhos deve ouvir a tabeliã do cartório do município de Murici (AL), a 58 km de Maceió, Maria de Lourdes Moura, que já teria feito ameaças de morte à assessora parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.