Reprodução
Reprodução

Coronel Telhada comete gafe ao publicar foto no Facebook

Imagem divulgada pelo vereador mostra reação de militares na cerimônia de instalação da Comissão da Verdade, e não na posse de Renan na presidência do Senado

Ricardo Chapola, O Estado de S. Paulo

06 de fevereiro de 2013 | 18h49

SÃO PAULO - O ex-comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), o vereador paulistano Coronel Telhada (PSDB), publicou nesta quarta-feira, 6, em seu perfil do Facebook uma foto na qual, segundo ele, militares aparecem indignados com a posse do senador Renan Calheiros na presidência da Casa. A imagem, porém, é de novembro de 2011, e foi tirada durante a cerimônia de instalação da Comissão da Verdade.

No post da gafe, Telhada escreveu aos seus amigos dando ênfase à postura dos militares diante da "sujeira" e da "corrupção" que, na sua avaliação, dominaram a "casa legislativa mais tradicional do País".

"Todos aplaudem, menos os chefes militares. O comandante do Exército observa com olhar de repugnância a sujeira e a corrupção se instaurando na casa legislativa mais tradicional deste País, enquanto os comandantes da Marinha e da Aeronáutica observam com olhar de impotência, este é o nosso Brasil Varonil", escreveu o coronel, exaltando a atitude dos militares.

A reação, na verdade, foi resultado do que os comandantes da Marinha, almirante Julio Soares de Moura Neto, do Exército, general Enzo Peri, e da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, ouviram contra a ditadura militar nos discursos feitos no evento realizado em novembro, no Palácio do Planalto.

Críticas. Procurado pelo Estado, o vereador disse que faria uma nova publicação assumindo o erro, mas afirmou que tinha certeza de que a atitude de seus colegas teria sido a mesma.

"Eu não gosto do Renan mesmo. Errei na foto, mas não errei na postura. Acho que os meus colegas militares reagiram da mesma forma", afirmou Telhada. Ele explicou que fez a publicação porque replicou um post de um de seus seguidores na rede social. 

O vereador aproveitou a gafe para fazer críticas à Comissão da Verdade, classificando-a de "tendenciosa". "Errei na foto. não faz mal. Até porque, para mim, a Comissão da Verdade é tendenciosa, uma falsidade geral", disse o coronel.

Até a publicação desta reportagem, a gafe cometida pelo ex-comandante da Rota foi compartilhada por mais de 5 mil internautas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.