Coordenador do Dnit de Minas demite-se do cargo

Além da Bahia, outra importante unidade regional do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), a de Minas Gerais, teve seu coordenador-geral substituído. De acordo com publicação na edição de hoje do Diário oficial da União, o coordenador da Unidade de Infra-Estrutura Terrestre (Unit) de Minas, Gelson Cunha, pediu para deixar o cargo. Procurada, a Unit mineira ainda não divulgou uma explicação para o pedido de demissão de Cunha.Essa é a segunda baixa em cargos regionais do Dnit na primeira semana de execução da operação tapa-buraco. A mesma edição do Diário Oficial publica hoje o afastamento do cargo do coordenador da Unit da Bahia, Carlos Fernando Gonçalves de Abreu. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério dos Transportes, Abreu foi demitido porque o ministro Alfredo Nascimento não estaria satisfeito com a condução da operação tapa-buraco da Bahia.Em ambos os casos, os cargos foram transmitidos para servidores de carreira das instituições. A Unit da Bahia passará a ser coordenada por Saulo Filinto Pontes de Souza, enquanto a de Minas ficará sob a responsabilidade de Sebastião de Abreu Ferreira.Minas Gerais é o Estado que receberá o maior volume de recursos para a realização do programa emergencial de reparos em rodovias federais. Dos R$ 440 milhões totais da operação, cerca de R$ 63,8 milhões serão aplicados em estradas que cruzam o território mineiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.