Coordenador de Campos descarta palanque com PSDB em MG

O coordenador da campanha de Eduardo Campos à Presidência da República, Carlos Siqueira, reafirmou na tarde desta terça-feira, 24, a intenção do PSB de lançar candidatura própria ao governo de Minas Gerais. "Palanque do PSDB nem pensar", avisou o coordenador. De acordo com Siqueira, o PSB mineiro discute agora a composição da chapa, que deve ser encabeçada pelo deputado federal e presidente estadual do partido, Júlio Delgado. A candidatura deve ser apresentada até o dia 30, mas Siqueira não descarta a possibilidade de anunciar a chapa antes desta data.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

24 Junho 2014 | 15h45

A definição do palanque próprio em Minas Gerais ocorre após o PSB paulista fechar apoio a candidatura à reeleição do tucano Geraldo Alckmin em São Paulo. No Rio de Janeiro, a sigla se aliou ao PT do senador Lindbergh Farias, candidato ao Palácio Guanabara. No último domingo (22), a Rede Sustentabilidade, da ex-senadora e vice de chapa de Campos, Marina Silva, divulgou nota ressaltando o desejo de ter em Minas Gerais uma candidatura que expresse o projeto nacional representando por Campos e Marina. A coordenação da campanha de Campos se reúne nesta tarde em Brasília para discutir os últimos detalhes da convenção nacional do partido, marcada para o próximo sábado, dia 28. Na ocasião, serão apresentados o jingle e o slogan da campanha.

Mais conteúdo sobre:
Eleições Campos MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.