Convocação extraordinária do Congresso é prorrogada

A edição de hoje do Diário do Congresso contém ato dos presidentes do Senado, Ramez Tebet (PMDB-MS), e da Câmara, deputado Aécio Neves (PSDB-MG), estendendo até 7 de janeiro o período de convocação extraordinária do Congresso.A sessão legislativa normal terminou em 17 de dezembro. Houve, então, uma primeira convocação extraordinária até o dia 21, prorrogada em seguida até ontem. Como não foi concluída a votação do Orçamento da União para 2002, os presidentes das duas casas do Congresso decidiram por nova prorrogação, sem ônus adicional para os cofres públicos, a exemplo do que já acontecera nas convocações anteriores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.