Contrário ao DEM e PSDB, PMDB divulga nota de apoio a Sarney

Partidos de oposição pediram o afastamento temporário do presidente do Senado até fim de investigações

Nélia Marquez, da Agência Estado,

30 de junho de 2009 | 18h32

Em nota lida nesta terça-feira, 30,  em plenário pelo senador Valdir Raupp (PMDB-RO), o PMDB reafirmou apoio ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). " Os senadores do PMDB têm consciência das suas responsabilidades e aprovam as ações que estão sendo realizadas. Este é o momento para a implementação de grandes mudanças e, por isso mesmo, o partido continuará apoiando o Presidente José Sarney e a Mesa Diretora na consecução desse objetivo", afirma o partido, de acordo com a nota.

 

Veja também:

som Ouça o discurso de Simon pedindo afastamento de Sarney

especialESPECIAL MULTIMÍDIA: Entenda os atos secretos e confira as análises

lista Confira a lista dos 663 atos secretos do Senado

documento Leia a íntegra da defesa do presidente do Senado

lista O ESTADO DE S. PAULO: Senado acumula mais de 300 atos secretos

lista O ESTADO DE S. PAULO: Neto de Sarney agencia crédito no Senado

linkPSOL protocola representação contra Sarney e Renan

linkNo Twitter, Agripino se antecipa e recomenda licença

 

O PSDB e o DEM já manifestaram posição contrária à do PMDB, pedindo o afastamento temporário de Sarney da presidência do Senado até que se sejam concluídas as investigações sobre as denúncias de irregularidades na casa. A bancada do PT vai definir o seu posicionamento em reunião programada para 19h.

 

Veja a íntegra da nota divulgada pelo PMDB:

 

NOTA DA BANCADA DO PMDB NO SENADO

 

As instituições brasileiras vivem um processo permanente de aperfeiçoamento interno, com o objetivo de bem servir à sociedade. Com o Senado Federal, não poderia ser diferente.

A bancada do PMDB tem consciência dessa necessidade e, por isso mesmo, apoia integralmente a apuração de todos os fatos com repercussão jurídica necessária, a fim de preservar o Senado Federal como instituição respeitada pela sociedade. A sua modernização e a transparência político-administrativa são compromissos que a bancada do PMDB não abre mão.

 

Sob a presidência do Senador José Sarney, a Mesa Diretora tem agido em consonância com esses objetivos.

 

Em virtude de erros administrativos que se acumularam ao longo dos anos, vários procedimentos já foram e outros estão sendo adotados, a exemplo da instauração de sindicâncias; inquéritos na Polícia Federal a pedido do próprio Senado; convocação do Ministério Público e Tribunal de Contas da União para acompanhar tais procedimentos; normatização do pagamento de horas-extras; regulamentação do uso da cota de passagens aéreas; auditoria nos contratos e na folha de pagamento; recadastramento de todos os servidores; criação, em tempo recorde, do portal da transparência, com acesso universal sem necessidade de senhas; corte linear no orçamento; consulta pública das despesas dos Senadores; mudança da regra para a nomeação do Diretor-Geral, além de decisões de caráter reparador e punitivo como afastamento de servidores e demissão de diretores.

 

Os senadores do PMDB têm consciência das suas responsabilidades e aprovam as ações que estão sendo realizadas. Este é o momento para a implementação de grandes mudanças e, por isso mesmo, o partido continuará apoiando o Presidente José Sarney e a Mesa Diretora na consecução desse objetivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.