Contra MST, ruralistas de SP organizam o 'Abril Verde'

Produtores rurais de Araçatuba, no interior de São Paulo, organizam o "Abril Verde", evento que pretende reunir 2 mil ruralistas em contraponto ao "Abril Vermelho", onda de ocupações do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) programada para o próximo mês. Segundo o Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran), o "Abril Verde" pretende ser o maior encontro de produtores rurais do Estado de São Paulo", no dia 10, em Araçatuba.

CHICO SIQUEIRA, Agência Estado

30 de março de 2010 | 19h33

A programação inclui a realização de palestras sobre temas ligadas à categoria, como Código Florestal e reforma agrária. O ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues será um dos palestrantes.

Ao tomar conhecimento da iniciativa dos produtores rurais, o líder dissidente do MST, José Rainha Júnior, anunciou que durante o "Abril Vermelho" não haverá nenhuma ocupação de fazenda em Araçatuba. A mobilização focará na instalação de acampamentos que, segundo José Rainha, servirão para pressionar a reforma agrária em propriedades de outras regiões do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.