Conti pede demissão do Jornal do Brasil

O jornalista Mario Sergio Conti pediu demissão do cargo de diretor de Redação do Jornal do Brasil depois de quatro meses exercendo a função. Ex-diretor de redação da revista Veja, Conti foi o responsável pela nova reforma editorial do jornal. "Estou empenhado em uma transição pacífica e não darei declaração a respeito", disse.O jornal carioca ainda não anunciou o substituto de Conti, mas há informações de que o jornalista Augusto Nunes, que há poucos dias havia aceitado o cargo de vice-presidente do Conselho Editorial do JB, será o novo diretor de redação. Nunes dirigia, até o início de agosto, a revista Época e, nos anos 80, dirigiu a sucursal do diário em São Paulo.Segundo o site do jornal Meio e Mensagem, o cargo de Nunes no JB já estava definido: ele assumiria no próximo dia 10 de setembro o lugar que era ocupado por Wilson Figueiredo, de 76 anos, que deve continuar como colaborador da empresa. Procurado, Nunes está em viagem ao Rio Grande do Sul e não foi localizado.Conti se recusou a explicar as razões de sua saída. Há, no entanto, comentários no jornal de que o diretor de redação se desentendeu com Nelson Tanure, diretor da Companhia Brasileira de Multimídia, o grupo investidor que, em sociedade com a direção do jornal, promove a reforma editorial do jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.