Contas do Ministério Público do AM devem ser auditadas

As contas do Ministério Público do Amazonas serão submetidas a uma auditoria dos últimos dez anos. A idéia foi lançada pelos representantes do Conselho Nacional do Ministério Público, Hugo Cavalcanti e Janice Ascari, que vieram a Manaus para acompanhar as investigações sobre o plano de morte contra o procurador Mauro Campbell, supostamente feita pelo ex-procurador-geral Vicente Cruz.A proposta dos conselheiros será apresentada no dia 30 deste mês, quando ocorre a próxima reunião do Conselho, em Brasília. Hugo Cavalcanti disse ter concluído, após ter recebido telefonemas, e-mails e denúncias formais de membros do Ministério Público amazonense, que as práticas ilícitas na gerência de recursos supostamente cometidas por Cruz também se repetiram em administrações anteriores à dele. No Ministério Público amazonense, já está sendo feita, há seis meses uma auditoria nas contas da gestão de Cruz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.