Roberto Stuckert Filho/PR
Roberto Stuckert Filho/PR

Contag pede a Dilma aceleração da reforma agrária

Os ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) e Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) acompanharam as discussões

AE, Agência Estado

27 de abril de 2012 | 20h16

Representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) se reuniram nesta sexta-feira, 27, com a presidente Dilma Rousseff para apresentar uma pauta de reivindicações de 140 itens, que inclui a aceleração da reforma agrária, políticas de saúde para as populações do campo e regulamentação da contribuição sindical rural. Os ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) e Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) acompanharam as discussões, que se desenrolaram durante uma hora no Palácio do Planalto.

"Temos muitas políticas públicas que não podem ser implementadas porque nosso povo que tá lá na roça não tem documento da terra, não tem título, não tem documentação. Tem muita disputa de terras públicas na mão de fazendeiros. Estão expulsando o nosso povo", disse o presidente da Contag, Alberto Broch. Os ministros prometeram manter um canal de diálogo com a confederação.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaContag

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.