Consumo de peixe pode estimular crescimento de fetos

Pesquisa da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, diz que mulheres que comem peixe nos últimosmeses de gestação podem estimular o crescimento do feto.O estudo envolveu quase 12 mil mulheres, segundo informa a Agência Brasil. Os pesquisadores pediram as mulheres que anotassem qual a quantidade de peixeque consumiam em 32 semanas de gravidez. A partir desse momento, era calculada a sua ingestão de ácidos gordurososconhecidos como ômega-3. Acredita-se que esses ácidos tenham um efeito benéfico à saúde.Em média, as mulheres comiam o equivalente a um terço de uma lata pequena de atum por dia, o equivalente a 0,15 gramas deácidos ômega?3. Crescimento fetal restrito normalmente acontece em uma em cada dez gestações, mas em mulheres que não consomem peixe, essa estatística muda para um em cada oito (13%).Segundo o chefe do estudo, Imogen Rogers, este trabalho traz evidencias de que o peixe é uma parte importante da dietahumana e a recomendação é de que mulheres grávidas deveriam incluir pelo menos duas porções de peixe por semana em suasrefeições.Rogers disse que é possível que ácidos ômega-3 ajudem a estimular o crescimento ao tornar o sangue menos viscoso eaumentar sua circulação pela placenta, aumentando assim a quantidade de nutrientes que um feto recebe de sua mãe.O nascimento de bebês com menor peso é associado a um maior risco de problemas de saúde, tais como doenças cardíacas ediabetes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.