Adriano Machado e Rodolfo Buhrer/Reuters
Adriano Machado e Rodolfo Buhrer/Reuters

Construção civil espera emprego e investimentos no centro do debate do 2º turno

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) vão disputar a presidência no próximo dia 28

Cynthia Decloedt, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2018 | 21h43

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) espera que o emprego e o crescimento tomem o centro dos debates no segundo turno das eleições presidenciais. Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) vão disputar a presidência no próximo dia 28.

"É hora de discutir propostas para o País e os candidatos à Presidência poderão apresentar e aprofundar o debate em torno dos muitos desafios que estão postos. Essa é a expectativa para o segundo turno: debate de ideias, tendo o emprego e o crescimento como temas principais", disse a entidade em nota.

A CBIC defendeu também uma trégua, "que crie as condições para avanços". "A CBIC não tem posição partidária e defende uma ação cidadã focada no bem-estar coletivo do país. O Brasil precisa sair desse estado de paralisia e retomar o curso do desenvolvimento, com investimento e geração de emprego. Essas são as alavancas para construir melhorias e reverter a desigualdade social, restabelecer a segurança e atender a expectativa do cidadão", segue a nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.