Conselho do MP confirma demissão de Bandarra

Promotor do DF foi punido por envolvimento em irregularidades investigadas pela Operação Caixa de Pandora, da PF, que levou à prisão do ex-governador José Roberto Arruda

Agência Estado

20 de setembro de 2011 | 22h43

BRASÍLIA - O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) confirmou nesta terça-feira, 20, decisão que tinha determinado a demissão do promotor de Justiça do Distrito Federal Leonardo Bandarra.

Os conselheiros rejeitaram um recurso de Bandarra, que foi punido por suposto envolvimento com irregularidades investigadas pela Operação Caixa de Pandora. Com o julgamento, o caso está encerrado no âmbito do CNMP.

Se quiser, o promotor poderá tentar recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com informações do CNMP, Bandarra será afastado e terá o seu salário suspenso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.