Conselho de Ética pode fazer votação aberta

O presidente do Conselho de Ética do Senado, senador Ramez Tebet (PMDB-MS), admitiu hoje que a votação do relatório do senador Roberto Saturnino Braga (PSB-RJ), sobre a violação do painel eletrônico, poderá ser aberta se houver consenso dos integrantes do conselho. O requerimento para que o voto seja aberto e não secreto já foi apresentado pelo senador Ney Suassuna (PMDB-PB). "A votação pode ser aberta, uma vez que ainda estamos na fase da investigação e não do processo", disse Tebet. Ele informou também que o conselho voltará a se reunir na próxima terça-feira, às 17h30, para examinar os requerimentos pendentes e marcar a data de votação do relatório do senador Saturnino Braga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.