Conselho de Ética ouvirá Magno Malta nesta terça

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar marcou para esta terça-feira o depoimento do senador Magno Malta (PL-ES), que responde a processo disciplinar por conta da inclusão de seu nome do relatório parcial da CPI dos Sanguessugas.Segundo informou a Agência Senado, o relator do processo de Malta, senador Demóstenes Torres (PFL-GO), confirmou a tomada de depoimento de Malta, mas não garantiu que apresentará o relatório nesta quinta-feira (23), conforme consta na pauta do conselho. "Vou pegar tudo o que tenho (sobre o caso) e, depois da oitiva de Magno Malta, ver se dá para preparar o relatório para a quinta", disse.A CPI dos Sanguessugas investiga o envolvimento de Malta no esquema de compra de ambulâncias superfaturadas com recursos Orçamento da União. Pesam contra ele a acusação de membros da família Vedoin, proprietária da Planam, que afirmam ter dado ao senador um Fiat Ducato como parte do pagamento de propina para a apresentação e a liberação de emendas.Malta alega que o veículo teria sido um empréstimo pessoal do deputado federal Lino Rossi (PP-MT), que também está sendo investigado pela CPI Mista dos Sanguessugas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.