André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Conselho de Ética confirma para esta terça sessão de apresentação de processo contra Cunha

Mesmo tendo reservado há quinze dias uma sala para a reunião, colegiado ainda não tinha, até o início da tarde desta segunda, a confirmação da reserva pelo departamento que administra o uso dos plenários

Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2015 | 13h43

Atualizada às 15h49

Brasília - A secretaria do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados confirmou a reunião de amanhã, 24, para apresentar o parecer prévio do deputado Fausto Pinato (PRB-SP) pela admissibilidade da ação disciplinar contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O plenário para a realização da sessão só foi disponibilizado na tarde desta segunda-feira, 23.

Apesar de ter reservado há quinze dias uma sala para a reunião do Conselho de Ética, o colegiado ainda não tinha, até o início da tarde desta segunda, a confirmação da reserva pelo departamento que administra o uso dos plenários. O grupo enfrentou o mesmo problema na quinta-feira, 19, quando seria feita a leitura do relatório prévio de Pinato.

A sessão só foi aberta porque a CPI dos Maus-Tratos aos Animais cancelou a reunião em favor do Conselho de Ética. A CPI é presidida pelo deputado Ricardo Izar (PSD-SP), ex-presidente do Conselho e hoje suplente no grupo. A prioridade de utilização dos quatorze plenários é das comissões permanentes, e como o colegiado só funciona quando há processos disciplinares em andamento contra deputados, o Conselho de Ética fica em segundo plano no uso dos espaços da Câmara.

A prioridade de utilização dos quatorze plenários é das comissões permanentes, e como o colegiado só funciona quando há instauração de processos disciplinares contra deputados, o Conselho de Ética fica em segundo plano no uso dos espaços da Câmara.

Como não houve leitura e discussão do parecer de Pinato após uma manobra dos aliados de Cunha, a sessão foi transferida para esta terça-feira e a expectativa é que a votação efetiva do relatório aconteça só no dia 1º de dezembro.

Mais conteúdo sobre:
Brasília Fausto Pinato Eduardo Cunha CPI

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.