Conselho da Câmara arquiva processo contra Edmar

Por 9 votos a 3, o Conselho de Ética da Câmara arquivou hoje o processo contra o deputado Edmar Moreira (Sem partido-MG), que ficou conhecido por ser dono de um castelo. O arquivamento foi proposto pelo terceiro relator do caso, deputado Sérgio Brito (PDT-BA), e votado após duas tentativas infrutíferas de punição ao deputado.

AE, Agencia Estado

15 de julho de 2009 | 15h49

Moreira foi absolvido em dois relatórios anteriores. Na semana passada escapou da pena de suspensão das prerrogativas de parlamentar. Antes, o Conselho derrubou a proposta de cassação do mandato do deputado. Com isso, só restou ao conselho confirmar a absolvição de Moreira e arquivar o pedido de punição. As informações são da Agência Câmara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.