Conselho aprova relatório que pede cassação de Renan

O relatório do senador Jefferson Péres (PDT-AM) que pede a cassação do mandato do presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), por quebra de decoro parlamentar foi aprovado hoje no Conselho de Ética da Casa por 11 votos favoráveis e três contra. Nessa representação, Calheiros é acusado de utilizar "laranjas" na compra de um jornal e duas emissoras de rádio em Alagoas, em sociedade com o usineiro e ex-deputado João Lyra.Votaram contra os senadores Valdir Raupp (PMDB-RO), Wellington Salgado (PMDB-MG) e Almeida Lima (PMDB-SE). O PT e o PSB - partidos da base aliada - votaram pela cassação do mandato de Renan Calheiros. O relatório será agora submetido à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para a verificação de sua legalidade e admissibilidade. No dia 22 de novembro o relatório será submetido ao plenário da Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.