Conselho afasta procurador

O Conselho Nacional do Ministério Público decidiu ontem, por unanimidade, afastar o procurador de Justiça do Amazonas Vicente Cruz Oliveira, acusado de tentativa de assassinato - teria contratou um pistoleiro para matar o colega e hoje ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell Marques. O processo disciplinar é relativo a várias irregularidades, incluindo o suposto desvio de R$ 1,2 milhão. O advogado de Cruz, Fábio Agostinho da Silva, disse que não teve acesso à decisão, mas deve recorrer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.