Conselho adia para segunda votação sobre Demóstenes

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado marcou para a próxima segunda-feira, dia 25, às 18h, a votação do relatório do senador Humberto Costa (PT-PE) com o provável pedido de cassação do mandato do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). A votação do relatório de Costa estava marcada para esta segunda-feira, mas foi adiada por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu prazo de mais três dias úteis para Demóstenes se defender. O presidente do Conselho, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), considerou a decisão do Supremo equivocada.

EUGÊNIA LOPES, Agência Estado

18 de junho de 2012 | 15h59

"Temos de levar a voto logo o relatório, antes do recesso parlamentar", disse o senador José Pimentel (PT-CE). A votação no Conselho é aberta, ou seja, o voto de cada um dos 15 conselheiros é público.

Depois do Conselho, o caso de Demóstenes vai para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde será analisada a admissibilidade do processo. A votação no plenário do eventual pedido de cassação do mandato de Demóstenes é secreta - os senadores não precisam expor seus votos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.