Conselho adia escolha do novo relator do caso Edmar Moreira

Por conta de tempo ruim, presidente do colegiado não conseguiu embarcar para Brasília para destituir Moraes

Luciana Nunes Leal, de O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2009 | 12h55

Foi adiada para esta quarta-feira, a reunião do Conselho de Ética da Câmara, marcada para as 15h30 de hoje, na qual seria formalizada a destituição do deputado Sérgio Moraes (PTB-RS) da relatoria do processo contra o ex-corregedor da Câmara, Edmar Moreira (sem partido-MG).

 

Veja também:

som Ouça discurso no plenário da Câmara

especialPerfil: Quem é Edmar Moreira, dono do castelo

lista Todas as notícias sobre o caso Edmar Moreira

 

Segundo a assessoria do Conselho, o presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PR-BA), não conseguiu embarcar para Brasília, por causa do mau tempo no Estado. Araújo só deve chegar à Câmara no início da noite de hoje. A reunião do conselho será às 14h30 de amanhã e, por decisão de Araújo, será fechada.

 

Depois de dizer que não vê motivo para a condenação do ex-corregedor da Câmara  por quebra de decoro parlamentar e que está se "lixando para a opinião pública", Moraes deve ser destituído  da relatoria do processo contra o parlamentar dono do castelo de R$ 25 milhões.

Diante da dificuldade de encontrar um substituto, o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), cogita assumir ele próprio a relatoria. Araújo ouviu a terceira recusa de um deputado para relatar o processo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.