Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Conheça os candidatos a presidente da Câmara dos Deputados

Arthur Lira, apoiado por Bolsonaro, e Baleia Rossi, indicado por Maia, são favoritos na eleição da Casa marcada para fevereiro de 2021; veja todos os concorrentes

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2021 | 11h00

Novos chefes das duas casas do Congresso Nacional serão definidos na próxima segunda-feira, 1º de fevereiro, com o encerramento das presidências de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Câmara dos Deputados e de Davi Alcolumbre (DEM-AP) no Senado. 

Na Câmara, ao menos nove deputados federais disputam a eleição. Os favoritos são Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e líder do bloco que reúne partidos do chamado Centrão, e Baleia Rossi (MDB-SP), que foi indicado pelo atual presidente da Casa. 

O placar do Estadão monitora os apoios que foram declarados até agora pelos 513 deputados federais na disputa. 

Para Entender

Veja o placar da eleição para presidente da Câmara dos Deputados

Baleia Rossi, candidato de Rodrigo Maia, e Arthur Lira, apoiado por Bolsonaro, lideram corrida pela presidência da Casa; siga distribuição de votos por deputado, partidos e Estados

Confira quem são os candidatos: 

Arthur Lira (PP-AL)

Candidato do Planalto à presidência da Câmara, Lira está em seu terceiro mandato como deputado federal. Antes disso, era deputado estadual em Alagoas e vereador de Maceió. Foi líder do PP em sua primeira legislatura, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) – a mais importante da Casa – em seguida, e desde 2019, tem se alternado na liderança do bloco parlamentar que reúne partidos do Centrão. Tem recebido o apoio do Palácio do Planalto e do presidente Jair Bolsonaro na candidatura. 

Baleia Rossi (MDB-SP)

Luiz Felipe Baleia Tenuto Rossi é parlamentar desde os 20 anos. Em 1992, foi eleito o vereador mais jovem de Ribeirão Preto, no interior paulista. Elegeu-se três vezes na cidade natal, três vezes deputado estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo, e agora está em seu segundo mandato na Câmara dos Deputados. É filho do ex-deputado Wagner Rossi, ministro da Agricultura entre 2010 e 2011. Hoje é presidente da Executiva Nacional do MDB e também líder do partido na Câmara. 

Luiza Erundina (PSOL-SP)

Ex-prefeita de São Paulo, Luiza Erundina está em seu seu sexto mandato como deputada federal lançou sua candidatura à presidência da Câmara. Quadro histórico do PT, deixou o partido em 1997 e filiou-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). Está no PSOL desde 2016, partido pelo qual disputou a Prefeitura da capital paulista e se candidatou a vice-prefeita, na chapa com Guilherme Boulos, em 2020. A decisão de lançar a candidatura criou um racha no partido, após psolistas terem declarado apoio à candidatura de Baleia Rossi.

Marcel Van Hattem (Novo-RS)

Em seu primeiro mandato na Câmara, Marcel Van Hattem foi eleito na onda de renovação do Congresso nas eleições de 2018. No Rio Grande do Sul, foi vereador do município de Dois Irmãos em 2004 e deputado estadual em 2015. Foi uma das lideranças no movimento pelo impeachment de Dilma Rousseff no Estado. Era filiado ao PP até 2018, quando deixou o partido e filiou-se ao Novo para concorrer ao Congresso Nacional. Ele concorreu à presidência da Câmara em 2019, e obteve 23 votos. 

Fábio Ramalho (MDB-MG)

Deputado federal desde 2007, Fábio Ramalho vai disputar a presidência da Casa pela segunda vez. Ele já foi candidato em 2019, que teve a reeleição de Rodrigo Maia. Ele também já foi 1º vice-presidente, o primeiro na linha sucessória da Câmara, em 2017. Ramalho é do mesmo partido de Baleira Rossi, um dos favoritos na disputa pelo cargo.

Alexandre Frota (PSDB-SP)

Autor de três pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, para quem fez campanha em 2018, Alexandre Frota lançou oficialmente sua candidatura à presidência da Casa na última semana antes da votação. Eleito pelo PSL, ele foi expulso da sigla após romper com o governo e filiou-se ao PSDB. No lançamento da candidatura, disse que a abertura de um processo de impedimento contra o presidente é sua maior bandeira para concorrer ao cargo. 

André Janones (Avante-MG)

Em seu primeiro mandato na Câmara, André Janones ganhou notoriedade com a greve dos caminhoneiros de 2018. Ele se tornou um dos porta-vozes do movimento após um vídeo que gravou em defesa do movimento viralizar, embora não seja parte da categoria. Foi o terceiro deputado mais votado em Minas Gerais naquele ano. 

Capitão Augusto (PL-SP)

Em seu segundo mandato como deputado federal, o capitão da PM José Augusto Rosa é atualmente o líder da ‘bancada da bala’ no Congresso. Entre os candidatos na Câmara, é um dos mais alinhados ao discurso bolsonarista. Foi comandante da Polícia Militar de São Paulo entre 1988 e 2014, e diz que é o único ‘candidato de direita’ na disputa.

General Peternelli (PSL-SP)

General de divisão da reserva, Roberto Sebastião Peternelli Junior está em seu primeiro mandato como deputado federal. É da turma de 1973 da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), onde se formou como aspirante a oficial da Infantaria. Como general, chegou a comandar a 2ª Região Militar, de São Paulo. Seu partido, o PSL, está dividido entre o apoio aos candidatos Arthur Lira e Baleia Rossi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.