Congresso votará emenda que restringe MPs

A proposta de emenda constitucional que limita a edição demedidas provisórias será incluída na pauta da convocação extraordinária do Congresso.A inclusão foi confirmada há pouco pelos presidentes do Senado, Antônio CarlosMagalhães, e da Câmara, Michel Temer, na solenidade de abertura da sessãoextraordinária do Congresso. ACM fez um discurso criticando a necessidade deconvocação em função da reedição de medidas provisórias. "Na realidade não temos nadacom esse assunto, não somos os executores nem os beneficiados. Não somos culpados dereceber medidas reeditadas e geralmente modificadas", afirmou Antônio Carlos, fazendoum apelo para que os deputados votem ainda durante a convocação extraordinária aproposta de emenda constitucional, que está pendente desde meados do ano passado. Ele também fez um apelo para os parlamentares de oposição que querem uma restrição maiordo que a que foi estabelecida pela proposta aprovada no Senado. "Se não pudermosextinguir vamos limitar", disse ACM, que encerrou a sessão logo em seguida eacompanhou Temer até o gabinete deste para discutir a possibilidade da inclusão deoutras matérias na pauta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.