Congresso tenta votar LDO na terça-feira

O Congresso fará uma sessão nestaterça-feira para votar o projeto da Lei de DiretrizesOrçamentárias (LDO). Pela Constituição, os parlamentares sópoderão entrar em recesso depois de aprovada a LDO. A novidadeda proposta para 2005 é a vinculação do crescimento real dosalário mínimo à variação do Produto Interno Bruto (PIB) percapita. Com esta metodologia, a previsão é de que o mínimo -hoje em R$ 260 - vá para R$ 280,59 em maio do ano que vem. A LDOnão foi votada na semana passada porque o deputado Rodrigo Maia(PFL-RJ) obstruiu a sessão para pressionar o Planalto a liberarR$ 280 milhões, em depósitos judiciais, para a prefeituracarioca, comandada por seu pai, César Maia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.