Congresso tem razão em criar CPI, afirma Demóstenes Torres

Ele justificou o fato de não ter assinado o requerimento dizendo que não faz 'falso heroísmo'

Rosa Costa, da Agência Estado,

19 de abril de 2012 | 16h38

BRASÍLIA - O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) reconheceu nesta quinta-feira, 19, que o Congresso tem razão em instalar a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que investigará a sua ligação e a de outros parlamentares e agentes públicos com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. "Eu respeito o Congresso", afirmou o senador, ao chegar ao Senado. Ele reiterou que fará sua defesa no Conselho de Ética, "no momento oportuno".

Demóstenes justificou o fato de não ter assinado o requerimento da comissão dizendo que não faz "falso heroísmo". "A vida toda sempre fui assim, sou uma pessoa coerente, não tinha razão para fazer isso (assinar o requerimento)", afirmou. O senador disse que não tem motivos para questionar a iniciativa dos colegas que apoiam a investigação, uma vez que todos eles agiram como determina o regimento da Casa. "Todos têm o direito", frisou. Ele lembrou que é um "senador eleito" e que, portanto, tem de trabalhar, ao responder à pergunta sobre a sua presença no Senado. "É a minha casa, tenho de trabalhar", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Carlinhos CachoeiraDemóstenes Torres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.