Congresso reúne-se amanhã às 10h30 para instalar CPI do Cachoeira

Deputada Rose de Freitas, presidente em exercício do Congresso Nacional, lerá o requerimento

Ricardo Brito e João Domingos, da Agência Estado,

18 de abril de 2012 | 16h51

BRASÍLIA - A presidente em exercício do Congresso Nacional, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), convocou para esta quinta-feira, 19, às 10h30, uma sessão do Congresso para a leitura do requerimento de abertura da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que irá investigar as relações do empresário do jogo do bicho Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Com o procedimento, os parlamentares terão até a meia noite de quinta-feira para aderir ou retirar a assinatura do pedido de instalação da CPMI. Na próxima terça-feira, 24, termina o prazo para os partidos indicarem seus representantes dentro da comissão, quando devem começar os trabalhos da comissão. Os partidos, principalmente os da base aliada, ainda não apresentaram sua lista de indicados para compor o colegiado. São 15 integrantes titulares e outros 15 suplentes.

Na última terça-feira, 17, o requerimento para criar a comissão foi apresentado com amplo apoio dos parlamentares. O mínimo de assinaturas necessárias para uma CPI Mista é de 171 deputados e 27 senadores. Os dados mais atualizados mostram que já há 67 adesões no Senado e 362 assinaturas na Câmara.

A previsão inicial era de que a comissão parlamentar só fosse ser instalada na semana que vem. Era esperado que o presidente do Congresso, senador José Sarney (PMDB-AP), fizesse a leitura do pedido de CPI. Mas, após Sarney ter tirado uma licença médica de 15 dias, a tarefa ficará a cargo de Rose de Freitas.

Tudo o que sabemos sobre:
Carlinhos Cachoeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.