Congresso retoma o trabalho na semana com setor aéreo na mira

A questão aérea deve esquentar nestasemana com possíveis medidas que o novo ministro da Defesa,Nelson Jobim, pode anunciar para o setor, envolvendo até atroca de auxiliares. A retomada dos trabalhos do Congresso na quarta-feiratambém aumenta a pressão sobre o governo por parte dosparlamentares, que tendem a cobrar novas ações para o setoraéreo, além das que vem sendo anunciadas para o Aeroporto deCongonhas. A CPI da Crise Aérea agendou depoimentos em busca deesclarecimentos sobre o acidente do Airbus A320 da TAM ocorridodia 7 de julho. Entre os que foram chamados estão o presidente da Infraero,o comandante da Aeronáutica e o presidente da TAM. Há ainda aexpectativa de que a CPI receba os dados da caixa preta doavião, como requisitado pela comissão ao comando dasinvestigações. O presidente Lula dá sequência às viagens para lançamentodas obras de saneamento e urbanização que fazem parte doPrograma de Aceleração do Crescimento (PAC). Irá a Cuiabá (MT)e Campo Grande (MS). Uma viagem de Lula prevista para quinta-feira a Belém eBreves, no Pará, foi adiada. Veja os principais fatos políticos previstos para a semana. SEGUNDA-FEIRA -- O Conselho de Aviação Civil (Conac) reúne-se paraanalisar medidas que auxiliem na solução da crise aérea. Será aprimeira reunião presidida pelo novo ministro, Nelson Jobim. TERÇA-FEIRA -- O presidente Lula viaja a Cuiabá (MT) e Campo Grande(MS) para lançamento de obras do PAC. -- A CPI da Crise Aérea da Câmara dos Deputados ouve odepoimento do diretor-presidente da Pantanal Linhas Aéreas,Marcos Sampaio Ferreira, previsto para a semana passada eadiado. Avião da companhia derrapou em Congonhas no dia 16,véspera do acidente com o Airbus da TAM, sem causar vítimas. -- Também vão depor, à tarde, o superintendente deEmpreendimentos de Engenharia da Infraero, Armando SchneiderFilho, e o presidente da Infraero, tenente-brigadeiro JoséCarlos Pereira. QUARTA-FEIRA -- O presidente Lula e o ministro da Defesa, Nelson Jobim,participam, às 15h30, no Palácio do Planalto, da cerimônia deapresentação dos novos oficiais generais promovidos pelaMarinha, Exército e Aeronáutica. -- O Congresso retoma os trabalhos após recesso que começouem 18 de julho. -- A CPI da Crise Aérea recebe o comandante da Aeronáutica,tenente-brigadeiro Juniti Saito, às 11h. QUINTA-FEIRA -- Marco Antonio Bologna, presidente da TAM, prestadepoimento às 9h na CPI da Crise Aérea. O representante daAirbus no Brasil, o economista Mário Sampaio, estará na CPI às14h. DOMINGO, 5 de agosto -- O presidente Lula inicia viagem para cinco países daAmérica Latina: México (dias 5 a 7 de agosto), Honduras (dia7), Nicarágua (dias 7 e 8), Jamaica (dias 8 e 9) e Panamá (dias9 e 10). Entre os temas a serem discutidos está o uso dobiocombustível. (Por Carmen Munari)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.