Jefferson Rudy/Agência Senado
Jefferson Rudy/Agência Senado

Congresso não terá recesso parlamentar em julho devido à crise do coronavírus, diz Alcolumbre

O presidente do Senado fez anúncio nas redes sociais; acordo teria sido feito com líderes partidários

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2020 | 16h38

BRASÍLIA - Os trabalhos do Congresso Nacional serão mantidos sem recesso em julho. O motivo, segundo o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), é a pandemia do coronavírus.

 "Após reunião de líderes realizada nesta segunda (18), ficou decidido que não haverá recesso parlamentar em julho. A decisão foi tomada por nós parlamentares por entendermos que o Legislativo precisa continuar trabalhando para amenizar os efeitos negativos da pandemia da covid-19", escreveu Alcolumbre no Twitter.


 O recesso estava previsto para entre 17 e 31 de julho. No entanto, mesmo com a crise, pela Constituição, os parlamentares não poderiam sair de férias de todo jeito se não votassem a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) antes desse período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.