Congresso infla em R$ 200 milhões orçamento para obras do Judiciário

Valor autorizado para obras neste ano é mais do que o dobro do autorizado no ano passado

Agência Estado

24 de janeiro de 2012 | 18h11

BRASÍLIA - O orçamento de quase meio bilhão de reais em obras do Poder Judiciário para 2012 foi inflado pelo Congresso, onde ganhou, por meio de emendas parlamentares, quase R$ 200 milhões a mais em autorizações de gastos para o ano. A lei aprovada contabiliza 208 projetos de obras, 177 delas a serem iniciadas durante o ano.

 

O valor autorizado para obras no Judiciário neste ano é mais do que o dobro do gastos autorizados no ano passado, mostra levantamento feito pela ONG Contas Abertas.

 

A obra que recebeu o maior reforço de verbas foi a construção da sede do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador. A Justiça do Trabalho concentra mais de metade dos gastos com obras previstas para este ano.

 

A construção do edifício-sede do Tribunal Regional Federal em Brasília teve autorizados gastos de R$ 50 milhões no projeto feito pelo escritório Oscar Niemeyer.

 

O Supremo Tribunal Federal poderá gastar R$ 133,4 milhões em reformas de suas instalações, prevê a lei orçamentária.

Tudo o que sabemos sobre:
orçamentoJudiciárioobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.