Conflito entre grupos rivais mata um sem-terra em Pernambuco

Um agricultor foi morto e outro ficou gravemente ferido nesta segunda-feira, durante uma briga entre integrantes de dois grupos ligados a luta pela reforma agrária no município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Segundo informações da Polícia Civil pernambucana, José Jesus Ferreira Medeiros e José André da Silva, ligados ao Movimento Trabalho e Progresso (MTP), foram surpreendidos numa emboscada supostamente montada por pessoas ligados ao Movimento Trabalho e Luta (MTL). José de Jesus morreu no local, vítima de disparos de arma de fogo e José André ficou gravemente ferido. O crime aconteceu nas terras do Engenho Olinda e teria sido cometido para vingar a morte de um agricultor ligado ao MTL. A coordenação local do MTP nega o envolvimento de seus integrantes em crimes na região e alega que a briga deve ter sido provocada por rixas relacionadas a disputa da terra.Preocupada com o acirramento dos ânimos na região, a superintendente estadual do Incra, Maria de Oliveira, enviou uma equipe de auditores do órgão para acompanhar as investigações. De acordo com a auditora Elizabeth Rafael, as famílias temem que possa haver novos conflitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.