Confira o nome dos parlamentares que integrarão a CPI do Cachoeira

CPI será composta por 15 deputados e 15 senadores, com igual número de suplentes e custará R$ 200 mil

19 de abril de 2012 | 16h31

Os líderes dos partidos representados no Congresso Nacional já indicaram 30 dos 60 membros titulares e suplentes que comporão a CPI do Cachoeira, instalada na manhã desta quinta-feira, 19. Eles têm até a próxima terça-feira, 24, para fazer as indicações.

A CPI será composta por 15 deputados e 15 senadores, com igual número de suplentes, vai funcionar por 180 dias e terá R$ 200 mil em recursos para as suas atividades.

Confira abaixo os nomes indicados:

Deputados federais

PSDB

Titulares

Carlos Sampaio (SP)

Fernando Francischini (PR)

Suplentes

Domingos Sávio (MG)

Rogério Marinho (RN)

PSC

Titular

Filipe Pereira (RJ)

Suplente

Hugo Leal (RJ)

PR

Titular

Maurício Quintella Lessa (AL)

Suplente

Ronaldo Fonseca (DF)

PMDB

Titulares

Luiz Pitiman (DF)

Íris de Araúji (GO)

Suplentes

Não indicados

PTB

Titular

Silvio Costa (PE)

Suplente

Arnaldo Faria de Sá (SP)

PV

Titular

Rubens Bueno (PR)

Suplente

Sarney Filho (MA)

PDT

Titular

Miro Teixeira (RJ)

Suplente

Vieira da Cunha (RS)

PSB

Titular

Paulo Foleto (ES)

Suplente

Glauber Braga (RJ)

DEM

Titular

Onyx Lorenzoni (RS)

Suplente

Mendonça Prado (SE)

PP

Ainda não indicou os nomes

PT

Ainda não indicou os nomes

Senadores

 

PTB

Titular

Fernando Collor (AL)

Suplente

Gim Argello (DF)

PR

Titular

Vicentinho Alves (TO)

Suplente

Alfredo Nascimento (RN)

PSDB

* Alvaro Dias (PR)

* Aloysio Nunes Ferreira (SP)

* Cassio Cunha Lima (PB)

DEM

* Jayme Campos (MT)

PSOL

* Randolfo Rodrigues (AP)

PMDB

* Jarbas Vasconcellos (PE)

* Os seis compõem o bloco da minoria no Senado e ainda não foi definido quais serão suplentes ou titulares. Pode ocorrer um revezamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.