Confira o calendário do processo de impedimento

Saiba quais são os próximos passos do processo que pode destituir a presidente Dilma do Palácio do Planalto

Daniel Fernandes, O Estado de S.Paulo

30 de março de 2016 | 09h33

Brasília - O anúncio da saída do PMDB da base do governo, segundo alguns analistas, pode acelerar o processo de impeachment na Câmara. Mas a decisão também pode garantir à oposição os votos necessários para aprovar o impedimento da presidente na Câmara - são necessários  342 votos dos 513 deputados. Se aprovado, o processo seguirá para o Senado, onde o presidente da Casa, Renan Calheiros, terá de submeter o processo a um novo calendário. Confira os próximos passos do processo.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasíliaPMDBRenan Calheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.