Conferência da ONU debaterá acesso à terra e água

As políticas de acesso à terra e à água serão o tema principal da conferência convocada pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), que a partir de segunda-feira reunirá representantes de 80 países em Porto Alegre e cujo objetivo será definir um plano de ação para o futuro.Vinte e sete anos depois da primeira Conferência Mundial sobre Reforma Agrária e Desenvolvimento Rural (CMRADR), os países integrantes da ONU pretendem retomar este debate no contexto mais amplo da luta contra a fome e a pobreza.A conferência, convocada pela FAO e pelo Governo brasileiro, será aberta na segunda-feira pelo vice-presidente José Alencar, mas os debates de fundo começarão somente na terça-feira.As sessões devem contar com a participação do diretor-geral da FAO, Jacques Diouf; do presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, Lennart Bage, e do diretor-executivo do Programa Mundial de Alimentos, James Morris, além de representantes de 80 países.O objetivo é rever as políticas atuais, propor medidas imediatas e buscar alianças e modelos de desenvolvimento que ajudem a reduzir a pobreza e a fome no campo.Os avanços nesta área ajudariam a conquistar os objetivos de desenvolvimento fixados por todos os países integrantes da ONU para 2015, entre eles o de reduzir pela metade o número de pessoas que vivem na extrema pobreza e das que passam fome.Segundo cálculos das Nações Unidas, aproximadamente 900 milhões de pessoas - três quartos da população mundial pobre - vivem em áreas rurais e dependem do acesso à terra e a outros recursos naturais para sua subsistência.A conferência deve ter como resultado a criação de uma plataforma permanente de diálogo sobre reforma agrária, desenvolvimento e pobreza rural, apoiada por um painel de observadores internacionais que vigiará os avanços do plano de ação.

Agencia Estado,

05 de março de 2006 | 17h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.