Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Condenados, fotos de Dirceu e Vaccari estão em painel de congresso do PT

Imagens de ex-ministro e ex-tesoureiro são colocadas em mural do encontro do partido realizado em Brasília

Renan Truffi, O Estado de S.Paulo

01 de junho de 2017 | 18h02

BRASÍLIA - Preso na Operação Lava Jato, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto ganhou espaço em um mural no 6.º Congresso do PT, que começa nesta quinta-feira, 1, em Brasília. A foto do petista aparece em um painel colocado pelo partido na recepção do hotel onde é realizado o evento.

A imagem de Vaccari está entre as fotos dos ex-presidentes Luís Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, formando uma espécie de mosaico com retratos de outros momentos históricos do partido. Além de Vaccari, o ex-ministro José Dirceu é outro envolvido em acusações que ganhou espaço na figura. Há uma foto de Dirceu discursando com o logo do PT ao fundo.

Dirceu foi condenado em março deste ano a 11 anos de prisão no âmbito da Operação Lava Jato. Esta foi a segunda sentença de Dirceu na operação. Ele já havia sido condenado no ano passado a 20 anos e dez meses de prisão. Já Vaccari foi condenado a 41 anos de prisão na mesma operação. Recentemente, o ex-tesoureiro do PT tornou-se réu em mais uma ação penal, por corrupção passiva. Com 600 delegados, o 6.º Congresso do PT será realizado em meio à maior crise do partido, que completou 37 anos em fevereiro. À procura de um discurso, o PT promete atualizar o seu programa e eleger nova direção. Lula, Dilma e o presidente nacional do PT, Rui Falcão, devem discursar na abertura do evento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.