Condenado pelo STF, Delúbio se diverte em churrascaria de SP

Tão logo percebeu a presença da reportagem no restaurante, o ex-tesoureiro do PT deixou o local

Fernando Gallo, de O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2012 | 20h24

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção ativa e formação de quadrilha, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares se divertia na tarde deste sábado, 27, com dois amigos em um almoço em uma churrascaria no Bom Retiro, região central de São Paulo. Ao custo de R$ 109,80 por cabeça, o rodízio de carnes que degustaram na Churrascaria OK foi precedido por doses de vodka e regado a risadas.

Além dos dois homens que o acompanharam à mesa, Delúbio estava acompanhado de outro, que lhe faz as vezes de motorista e segurança. Tão logo percebeu a presença da reportagem no restaurante, o homem, que estava próximo da porta, foi até o petista e lhe cochichou no ouvido. Delúbio sorriu.

Em poucos minutos, o Ômega CD prata que aguardava do lado de fora começou a se movimentar. Foi levado para a garagem de serviço da churrascaria.

Concomitantemente, Delúbio se levantou e desapareceu. Saiu pela porta dos fundos da churrascaria, onde um manobrista lhe aguardava em outro carro. Foi deixado em um ponto de táxi, de onde seguiu viagem.

Tudo o que sabemos sobre:
Delúbio Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.