Concurso para diplomata fica menos exigente

Pela segunda vez em menos de três anos, o Itamaraty afrouxou as regras do concurso para o ingresso na carreira diplomática, pelo Instituto Rio Branco. Os 105 candidatos a serem escolhidos no exame que começará em 5 de março terão mais opções para a escolha do teste da segunda língua estrangeira, antes restrito ao espanhol e ao francês, e com a obrigação de alcançarem nota mínima de 50 pontos - 10 pontos a menos que as turmas anteriores. Neste ano, a lista de idiomas terá alemão, árabe, chinês, japonês e russo. Segundo o Itamaraty, as mudanças têm o objetivo de democratizar o acesso à carreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.