Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Como será a votação para presidente da Câmara

Deputados escolhem nesta quarta novo nome para o comando da Casa

Isabela Bonfim, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2016 | 10h37

BRASÍLIA - A Câmara dos Deputados definirá nessa quarta-feira, 13, um novo nome para a sucessão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na presidência da Casa. Catorze deputados vão participar da disputa, o que deve dividir as bancadas e resultar em um segundo turno. A previsão é que a votação entre pela madrugada de quinta-feira.

Os deputados tiveram até o meio-dia de hoje para registrar a candidatura e até as 15h para retirarem, em caso de desistência. Em apoio ao principal candidato do chamado Centrão, Rogério Rosso (PSD-DF), dois deputados desistiram da disputa: Beto Mansur (PRB-SP) e Fausto Pinato (PP-SP). Rosso fez uma peregrinação aos gabinetes de outros candidatos tentando fazer com que eles desistissem da disputa e o apoiassem. A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) também foi procurada.

Discursos. Às 13h, a Mesa Diretora da Câmara realizou um sorteio para definir a ordem dos discursos dos candidatos. Cada aspirante à vaga terá até dez minutos para discursar na sessão do plenário, que se inciará às 17h30. Caso o deputado não esteja presente na sua vez, ele perderá o direito de falar. 

Inicialmente, a reunião estava marcada para 16h, mas foi adiada após decisão do presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA). Apesar de ter ficado acordado que líderes de partido e outros deputados não falarão, a expectativa é que a sessão entre pela madrugada. 

Votação. A votação será secreta, realizada em urnas. Como Eduardo Cunha está afastado, apenas 512 deputados poderão participar da eleição. Para ser eleito em primeiro turno, o candidato precisa da maioria absoluta dos votos dos presentes. Se apenas 400 deputados participarem da eleição, por exemplo, serão necessários 201 votos para vencer em primeiro turno.

Segundo turno. O cenário é pouco provável, devido ao grande número de candidatos. Dessa forma, a eleição deve seguir para o segundo turno, com disputa entre os dois deputados mais votados. A expectativa é que a disputa fique entre Rosso, Rodrigo Maia (DEM-SP) e Marcelo Castro (PMDB-PI). 

Haverá um intervalo de uma hora entre as votações do primeiro e segundo turno. Nesta fase, os dois candidatos restantes terão até 20 minutos para discursar. A votação também é secreta. 

Confira a ordem dos discursos dos candidatos à presidência da Câmara:

1. Rodrigo Maia (DEM-RJ)

2. Evair Vieira de Melo (PV-ES)

3. Miro Teixeira (Rede-RJ)

4. Giacobo (PR-PR)

5. Cristiane Brasil (PTB-RJ)

6. Luiza Erundina (Psol-SP)

7. Fabio Ramalho (PMDB-MG)

8. Carlos Manato (SD-ES)

9. Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO)

10. Marcelo Castro (PMDB-PI)

11. Rogério Rosso (PSD-DF)

12. Gilberto Nascimento (PSC-SP)

13. Esperidião Amin (PP-SC)

14. Orlando Silva (PCdoB-SP)

Tudo o que sabemos sobre:
Câmara dos Deputados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.