Vídeo: como funciona a votação que pode manter ou não a prisão de Daniel Silveira

O parlamentar foi detido na última terça-feira, 16, após divulgar vídeo com ataques aos ministros do STF e apologia ao AI-5

André Shalders, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2021 | 15h20

Brasília - A prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) por apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5), o mais violento ato da ditadura militar, e discurso de ódio contra os integrantes do Supremo Tribunal Federal foi confirmada por unanimidade ontem pelo plenário da Corte.

A dúvida agora é se a Câmara vai manter ou não a prisão. Para que Daniel siga preso, são necessários os votos ‘sim’ de pelo menos 257 deputados. Muitos parlamentares dizem que revogar a prisão seria uma afronta aos ministros do STF, por causa do teor das ofensas feitas por Silveira. Entretanto, vários congressistas afirmam que a prisão de Silveira abre um precedente perigoso. 

Entenda o caso:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.