Comitiva brasileira lota hotel luxuoso na cidade

O presidente Lula chegou a Genebra ontem com uma comitiva de peso e, hoje, na ONU, terá a seu lado uma delegação que poucas vezes é vista em uma viagem internacional. No total, dez ministros o acompanham, entre eles o chanceler Celso Amorim, Edison Lobão (Minas e Energia), Carlos Lupi (Trabalho) e Orlando Silva (Esportes). Cada um terá uma agenda diferente. Alguns apenas fazem escala para seguir viagem hoje, com Lula, para a Rússia, onde participam da reunião de cúpula dos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China). Isso sem contar com a comitiva que desembarcou no mesmo hotel, o mais luxuoso de Genebra, para defender a candidatura do Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos de 2016. Entre eles, o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes. A delegação brasileira praticamente ocupou todo o lobby durante a tarde de ontem. Uma noite em um apartamento simples no hotel sai por US$ 400.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.