Comissão vota destaques ao relatório sobre Orçamento

A Comissão Mista de Orçamento deve prosseguir hoje, a partir das 14h30, a votação dos destaques ao relatório sobre o projeto do Orçamento Geral da União para 2002, preparado pelo deputado Sampaio Dória (PSDB-SP). Os líderes da base governista e os oposicionistas fazem reuniões separadas para definir suas estratégias. Os aliados do governo pretendem encerrar a apreciação dos destaques na Comissão e, se for possível, concluir a votação do Orçamento pelo plenário do Congresso ainda esta semana. O líder do governo no Congresso, deputado Heráclito Fortes (PFL-PI), desembarca em Brasília no final da manhã e faz um balanço da situação com seus aliados. Os governistas mantêm a estratégia de convocar sessão da Comissão Mista a cada duas horas para impedir que a oposição consiga inviabilizar os trabalhos, usando como manobra o pedido de verificação de quórum, como aconteceu na madrugada de sábado. O líder do PDT, deputado Miro Teixeira (RJ), pretende propor aos colegas de oposição a apresentação de um destaque para suprimir do relatório as receitas condicionadas, como a previsão de recursos provenientes da eventual contribuição previdenciária dos inativos, com o objetivo de "enxugar" o Orçamento. Os movimentos políticos da semana estarão concentrados na votação do Orçamento e, se for preciso, os parlamentares retornarão a Brasília na próxima semana. A autoconvocação extraordinária foi prorrogada até o dia 7 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.