Comissão vai discutir nova política para o tabaco

O fim dos subsídios ao cultivo do tabaco e a elevação dos preços dos cigarros no Brasil vão começar a ser discutidos por uma comissão interministerial assim que o governo assinar a Convenção Internacional para o Controle do Tabaco.A comissão, que já vinha subsidiando o Palácio do Planalto na discussão de uma política anti-tabagista para o País, agora será permanente e composta por representantes dos ministérios da Fazenda, Saúde e Agricultura.O Ministério da Saúde defende aumento de imposto para elevar o preço do cigarro. Dados da Organização Mundial de Saúde revelam que o preço é um fator inibidor do consumo. Mas, para defender carga tributária maior para os cigarros, a Saúde quer a adoção de uma política eficiente de combate ao contrabando.Caso contrário, explicam assessores, a população poderá passar a consumir produtos de pior qualidade, com maiores prejuízos à saúde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.