Comissão no Senado cria novos cargos de diplomatas

A Comissão de Relações Exteriores do Senado (CRE) aprovou ontem projeto de lei criando 1.293 cargos, sendo 400 para diplomatas e 893 da carreira de oficial de chancelaria, parte deles por transformação de cargos de assistente de chancelaria.

ROSA COSA, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 06h33

De iniciativa da Presidência da República, a proposta prevê que o provimento das vagas será gradual, a partir deste ano, mediante autorização do Ministério do Planejamento e observada a disponibilidade orçamentária. Parecer do relator, senador Gim Argello (PTB-DF), informa que atualmente há 1.285 diplomatas em atividade e 849 oficiais de chancelaria.

A exposição de motivos do governo informa que, entre missões diplomáticas permanentes, repartições consulares e delegações, já existem 223 representações diplomáticas brasileiras em todo o mundo. E que a ampliação dos cargos se deve "às extraordinárias transformações em curso no cenário internacional, que apresentam complexos desafios à política externa brasileira".

Tudo o que sabemos sobre:
Senadocargodiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.