Comissão não obtém quórum para deliberar sobre status do BC

Sem número para realizar qualquer votação, a comissão mista do Congresso incumbida de examinar a medida provisória que deu status de ministro ao presidente do Banco Central suspendeu seus trabalhos. O presidente provisório da comissão, deputado Alberto Goldman (PSDB-SP), marcou nova reunião para amanhã, às 14h30, e nomeou o deputado José Roberto Arruda (PFL-DF) como relator provisório. Os membros da comissão que compareceram à sessão de hoje decidiram, também, assinar um ofício convidando o presidente do BC, Henrique Meirelles, e o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, para explicarem amanhã, na reunião da comissão, as razões da edição da MP que mudou o status do presidente do BC. O requerimento será apenas de parlamentares, já que a comissão não teve hoje quórum para votá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.