Comissão do impeachment ouve primeiras testemunhas da acusação nesta quarta

A pedido de autores do pedido de afastamento, serão ouvidos o procurador da República junto TCU, Júlio Marcelo de Oliveira, e o auditor do TCU Antonio Carlos Costa d'Ávila Carvalho

Isabela Bonfim , O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2016 | 11h27

BRASÍLIA - A Comissão Especial do Impeachment dá início a fase probatória, com testemunhas, provas e perícias, nesta quarta-feira, 8. Na primeira sessão dessa etapa, o colegiado de senadores se reúne para ouvir as testemunhas indicadas pela acusação.

Os autores do processo de impeachment, os juristas Janaína Paschoal, Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior, indicaram duas das testemunhas que serão ouvidas nessa reunião: o procurador da República junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Júlio Marcelo de Oliveira, e o auditor do TCU, Antonio Carlos Costa d'Ávila Carvalho.

Júlio Marcelo de Oliveira já participou da comissão do impeachment na primeira fase do processo. Ele é o responsável pelo parecer do TCU que apontou a ocorrência de pedaladas fiscais nas contas da presidente afastada Dilma Rousseff.

Os senadores da base do presidente em exercício Michel Temer também indicaram testemunhas de acusação que serão ouvidas na reunião dessa quarta: Rogério Jesus Alves Oliveira, Adriano Pereira de Paula e Otávio de Medeiros, pertencentes ao quadro de operação de crédito da Secretaria do Tesouro Nacional. Além deles, também foi convidado o ex-diretor do Banco do Brasil Jânio Macedo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.