Comissão divide oposicionistas

Os partidos de oposição da Câmara e do Senado não conseguem se entender sobre a CPI mista que vai investigar o uso dos cartões corporativos. Enquanto o DEM e o PSDB da Câmara defendem a indicação dos deputados de oposição que vão integrar a CPI, os dois partidos no Senado são favoráveis à criação de outra comissão de inquérito, formada exclusivamente por senadores.Divididos, os oposicionistas pretendem reunir-se hoje para tentar chegar a um consenso. "Acho que o correto é apenas a CPI mista. Abrir mão da CPI mista é criar uma dúvida na sociedade de como será o comportamento da oposição. Não participar da CPI mista é dar uma impressão errada, não verdadeira", afirmou ontem o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). O requerimento para a criação da CPI dos Cartões deverá ser lido amanhã durante sessão do Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.